set 06 2018

RJ 116 deve receber 90 mil veículos no feriado da Independência.

Operação especial terá início às 12 horas desta quinta-feira

Cerca de 90 mil veículos devem passar pela Rodovia RJ 116 (Itaboraí – Nova Friburgo – Macuco) durante o feriado prolongado em comemoração ao Dia da Independência, nesta sexta-feira, dia 7 de setembro. A Concessionária Rota 116, que administra a rodovia, fará uma operação especial a partir das 12 horas de amanhã (quinta-feira), até o mesmo horário de segunda-feira, dia 10 de setembro, colocando todo o seu efetivo em regime de plantão especial para atender aos motoristas.

O Superintendente da Concessionária, Edyano Bittencourt alerta que entre os municípios de Cachoeiras de Macacu e Nova Friburgo, no trecho da Serra dos Três Picos, poderá ocorrer casos de neblina, obrigando atenção redobrada dos motoristas.  “O motorista deve respeitar as placas de sinalização ao longo da Rodovia, respeitar os limites de velocidade e não forçar ultrapassagens. Em casos de chuva forte o motorista deve parar seu veículo em local seguro e aguardar a melhora do tempo”, lembra ele. No quilômetro 53, também na Serra dos Três Picos, há obras de alargamento de duas pontes, mas no feriado o serviço será suspenso.

Serviços – Durante a Operação a concessionária colocará a disposição todo seu efetivo operacional no Serviço de Apoio ao Usuário. Em caso de emergência os motoristas devem ligar para o 0800 282 0116 e solicitar serviços como guinchos, viaturas de inspeção de tráfego, ambulâncias-resgate, caminhões para apreensão de animais, carro-pipa e equipe especializada para atendimento a acidente envolvendo produtos perigosos. Os veículos e equipes estarão posicionados em pontos estratégicos da rodovia, durante 24 horas.

Orientações – O usuário deve tomar cuidado com a velocidade máxima permitida, pois os radares estarão sendo operados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Em caso de chuva ou neblina, é necessário diminuir a velocidade e aumentar a distância entre os veículos. Caso não haja condições de seguir viagem, o motorista deve parar e permanecer em local seguro até que a chuva diminua.

Pedágio – A tarifa nas quatro praças de pedágio é de R$ 5,80 para carros de passeio, R$ 11,60 para veículos de dois eixos com rodagem dupla e R$ 23,20 para autos de três a seis eixos nos dois sentidos das pistas. Para os de sete eixos ou mais, o valor é de R$ 5,80 por eixo. Motocicletas são isentas da tarifa. Há praças de pedágios na Rodovia no quilômetro 1,9 em Itaboraí; no quilômetro 48,8 em Cachoeiras de Macacu; no quilômetro 90,3 em Nova Friburgo e no quilômetro 122,3, no município de Cordeiro.

DICAS PARA VIAJAR COM SEGURANÇA:

*Revise seu carro e verifique: faróis, lanternas, pneus, limpador de para-brisas, nível de óleo, triângulo, macaco, chave de roda e extintor;

*Tenha a mão a sua habilitação e o certificado de propriedade do veículo;

*Respeite a sinalização: jamais ultrapasse quando a faixa à esquerda for contínua;

*Evite trafegar ou parar no acostamento;

*Reduza a velocidade nos perímetros urbanos e em caso de chuva e neblina, mantendo os faróis baixos;

*Mantenha distância de 40 metros entre veículos;

*Faça uma alimentação leve antes de dirigir e jamais tome bebida alcoólica antes ou durante a viagem.

ago 21 2018

Já estão abertas as inscrições para cursos técnicos e de graduação do IFF

Já estão abertas a partir de hoje (21/08) as inscrições para o processo seletivo de ingresso nos cursos técnicos de nível médio e para o vestibular para ingresso nos cursos de graduação no Instituto Federal Fluminense (IFF). Serão oferecidas 3.437 vagas para o primeiro semestre de 2019 nos campi do interior do Rio.

Os interessados deverão realizar a inscrição até o dia 28 de setembro pela internet ou presencialmente no campus que está oferecendo a vaga pretendida.

Para os cursos de graduação, são ofertadas 522 vagas para bacharelado, licenciatura e tecnologia do campi de Bom Jesus do Itabapoana, de Cabo Frio, de Campos dos Goytacazes (campisa Centro e Guarus), de Itaperuna e de Macaé.

A inscrição no valor de R$ 65 deverá ser paga até o dia 1º de outubro. Os interessados em solicitar a isenção da taxa deverão requerê-la no ato da realização da inscrição, até 5 de setembro.

A prova da primeira fase do vestibular está marcada para acontecer no dia 21 de outubro, e a da segunda fase será aplicada nos dias 24 e 25 de novembro.

Já para os cursos técnicos de nível médio, o IFF está ofertando 2.915 vagas nos campi avançados de Cambuci, Maricá e São João da Barra, nos campi Bom Jesus do Itabapoana, Cabo Frio, Campos (Centro e Guarus), Itaperuna, Macaé, Quissamã e Santo Antônio de Pádua, e na unidade de formação de Cordeiro.

No ato da inscrição, será gerado um documento para o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 25. O valor deverá ser paga até o dia 1º outubro.

Os interessados em solicitar a isenção da taxa deverão requerê-la no ato da realização da inscrição, até 5 de setembro.

 A prova objetiva para o nível médio será aplicada no dia 2 de dezembro de 2018.

“Os processos seletivos para o primeiro semestre são normalmente os maiores em termos de vagas ofertadas. Há uma grande expectativa da comunidade com relação a essas seleções, tendo em vista não só o número de vagas disponibilizadas, como os diferentes níveis de ensino e formas de oferta”, destacou Marcelo Sarmento, diretor de Gestão Acadêmica e Políticas de Acesso do IFF.

ago 20 2018

Fazendas do município de Macuco abrem as porteiras para o Turismo Rural

Fazendas centenárias ‘carregam’ muita história do nosso Brasil e em Macuco não poderia ser diferente.

Um estudo in loco realizado por amantes da cidade constatou o potencial turístico da região. Há 15 anos, Maria Tereza de Carvalho, Guilherme Peçanha e alguns amigos pensaram em um projeto que, segundo eles, tinha tudo para dar certo. As conversas com proprietários rurais, cooperativistas e os pés em campo fizeram com que surgis-sem muitas ideias sobre o assunto.

“Tudo surgiu há 15 anos, eram várias pessoas, o Fred, os Lutherback, pessoal da cooperativa, eu, Maria Tereza… (risos)…a gente pensava em algo, mas não chamávamos de Turismo Rural, a gente falava em Turismo de Fazenda…agora na gestão Bruno Boaretto que já começou com um bom trabalho nas estradas vicinais as coisas tendem a acontecer, e isso é muito bom”, disse o arquiteto Guilherme Peçanha.

Guilherme Peçanha é arquiteto na Prefeitura Municipal de Macuco e disse estar satisfeito com essa iniciativa do prefeito. “Há dois anos eu e uma amiga – Izabel Malha- retomamos essa ideia, relembrei do antigo grupo e fomos atrás de Maria Tereza que nos impulsionou de tal forma para começarmos a colocar o pé na estrada”, disse o arquiteto.

Segundo Maria Tereza de Carvalho, no início, a ideia é que o Turismo Rural deva ser voltado às visitações, trazendo cultura e mais empregos para a cidade, focando o Vale do Ribeirão Dourado até ao Vale do Rio Grande.

*Hoje, na gestão Bruno Boaretto, o projeto parece começar a sair do papel para virar uma realidade. O primeiro passo oficial foi em um encontro oficial realizado no gabinete do prefeito na manhã de 13 de agosto, reunindo secretários municipais, Sebrae, Emater e Proprietários Rurais.

Bruno Boaretto é um jovem prefeito com novas ideias, seu espírito aguçado tem resgatado soluções que podem trazer novos rumos ao desenvolvimento turístico local. Sua iniciativa surge com o apoio do Sebrae RJ. O prefeito não esconde seu interesse em fomentar o turismo aliando isso ao bem comum de todos, inclusive dos futuros visitantes.

“Acredito em um futuro melhor, resgatar a nossa cultura, poder mostrar o que temos de bom em nosso município através de um projeto que irá divulgar a história de nossas fazendas centenárias”, frisa o prefeito.

O diretor de turismo, Maurício Góes, falou sobre a implementação do projeto. Onde ele e a assessora cultural Maria Tereza foram conhecer e participar de um evento na cidade de Venda Nova do Imigrante (referência em agroturismo no Brasil) localizada no Estado do Espírito Santo.

– Há dois meses fomos ao Espírito Santo para conhecer de perto o turismo rural local, visitamos Venda Nova do Imigrante. Em quatro dias percorremos o roteiro para justamente se basear-nos nas ideias e tentar implantar em Macuco de acordo com a nossa realidade. Acredito que temos uma forma diferenciada de receber nossos visitantes, nosso atrativo é o pólo rural, acredito que conseguimos fazer um roteiro mais completo, ecoturismo, história e cultura, com qualidade convidativa onde conseguiríamos aliar nossos produtos e principalmente oferecer o nosso espaço aberto a população -, disse o diretor.

Para o diretor de Turismo, o prefeito Bruno Boaretto é o maior incentivador do projeto:

– O que mais nos anima é a grande vontade do prefeito em atuar nessa área, além é claro da orientação do Sebrae-RJ, a nossa vontade de fazer e o fundamental apoio do prefeito. Trata-se de um projeto que já foi pensado em outros momentos, mas quando se tem essa injeção de ânimo que o prefeito apresenta tudo se torna mais fácil. Claro que, com a participação e disposição dos proprietários em abrir as portas de suas fazendas e união entre microempreendedores individuais, aliando artesanato, gastronomia e o respaldo do Sebrae, tudo sairá bem. Acredito que já começou a dar certo, em um breve futuro veremos as coisas acontecerem.

O projeto também conta com o fundamental apoio da Secretaria Municipal de Educação. A secretária Luciana Boaretto destaca a preocupação em manter viva a história do município e a importância das crianças macuquenses conhecerem toda essa trajetória.

“É fundamental que nossas crianças conheçam a história de sua cidade, a secretaria de educação propõe uma parceria que além de aliar o conhecimento histórico local possamos também fazer com que nossas crianças valorizem seu território e possam desde já ter esse contato com as nossas potencialidades turísticas”, finalizou a secretária.

Fonte de água Mineral – Fazenda Boa Vista

Fazenda Benfica (histórica já foi considerada fazenda modelo na região)

A centenária Fazenda Val de Palmas

A bicentenária Fazenda Ribeirão Dourado – muitas relíquias,

Fazenda Bom Sucesso – a única do Brasil de três andares

 

ago 20 2018

Macuco começa a preparar roteiro para implementar “Projeto Turismo Rural”

O prefeito Bruno Boaretto em parceria com o Sebrae-RJ, Emater e proprietários rurais de Macuco, se reuniram na manhã de 13 de agosto no gabinete para traçarem ideias e metas sobre a criação de roteiro para futura implementação do Turismo Rural no muni-cípio.
Na ocasião, estiveram presentes representantes dos setores envolvidos, entre eles, secretários municipais, Emater-RJ e proprietários rurais.

As representantes do Sebrae-RJ Wania, Fernanda e Márcia falaram sobre o Projeto de Turismo Rural do Sebrae RJ, cujo objetivo é associar o turismo ao que os produto-res rurais têm por oferecerem, incluindo contato com a natureza, história e cultura.

“É bom ver essa mobilização e interesse, às vezes encontramos dificuldades para que as pessoas participem do Turismo Rural, sabemos o quanto é difícil manter uma estrutura de uma propriedade rural, é preciso agregar valores, e encontramos aqui um entusiasmo tanto do poder público quanto dos proprietários rurais”, disse Fernanda.

Para o prefeito Bruno Boaretto essa reunião foi o primeiro passo de incentivo ao implemento turístico.

“Macuco possui potencial turístico! Com o apoio do Sebrae-RJ, equipe de trabalho e parceria de nossos proprietários ru-rais, acredito que este é o primeiro passo para começarmos a divul-garmos nossas fazendas centenárias”, frisou o prefeito.

Após a reunião, todos os presentes foram conhecer um pouco do futuro roteiro que incluiu uma visita as fazendas: Val de Palmas, Boa Vista (fonte de água mineral), Benfica (histórica fazenda modelo da região), Ribeirão Dourado (bicentenária) e Bom Sucesso (única fazenda do Brasil de três andares).

O prefeito Bruno Boaretto em parceria com o Sebrae-RJ, Emater e proprietários rurais de Macuco, se reuniram na manhã de 13 de agosto no gabinete para traçarem ideias e metas sobre a criação de roteiro para futura implementação do Turismo Rural no município.

ago 13 2018

Laura Carneiro visita Macuco e fala sobre emendas para a cidade

A deputada federal Laura Carneiro esteve em recente visita ao município de Macuco. Ela foi recebida pelo diretor do Posto de Saúde local e colega Jocielmo Silveira (Vassourão).
“Muito bom receber uma deputada que sempre está de mãos estendidas para Macuco. Tive a chance de mostrar à ela o trabalho que o prefeito Bruno Boaretto tem realizado pela saúde pública em sua gestão, enfatizando que o bem estar da população tem sido a prioiridade do seu governo”, frisou o diretor.
Além de destinar uma emenda no valor de 250 mil reais à área da saúde do município, Laura Carneiro falou sobre uma outra emenda de grande importância para a cidade:
“Temos uma história e um carinho por Macuco, a atenção de Guilherme Bittencourt, a dedicação do prefeito Bruno Boaretto…  ele está apresentando uma emenda sobre um recurso que conseguimos da Funasa, serão um milhão e meio de reais para saneamento, enfim…o que a gente puder fazer para ajudar o municípío, vamos fazer. Tive a oportunidade de visitar o meu amigo Jocielmo e de também conhecer o seu desempenho e trabalho no posto de saúde”, disse a deputada federal.

A deputada federal Laura Carneiro e o amigo Jocielmo

Posts mais antigos «